SISTEMA DE SEGURANÇA DO MARANHÃO PRENDE MAIS UM SUSPEITO DE ASSASSINAR EMPRESÁRIO EM TURIAÇU

Homem, que havia fugido assim que tomou conhecimento de que era um dos alvos da investigação que apura o homicídio de Nando Net, foi localizado e preso pela Polícia Civil do Maranhão, com apoio da Polícia Civil de Pernambuco, na cidade de Caruaru (PE).

SISTEMA DE SEGURANÇA DO MARANHÃO PRENDE MAIS UM SUSPEITO DE ASSASSINAR EMPRESÁRIO EM TURIAÇU

A Polícia Civil do Maranhão, com apoio da Polícia Civil de Pernambuco, prendeu mais um investigado pelo assassinato do empresário Jonathan Fernando Cardoso Sousa, o Nando Net, ocorrido em Turiaçu (MA). A prisão foi efetuada na tarde de sábado (27), na cidade de Caruaru (PE), dando cumprimento a um mandado de prisão preventiva expedido pelo Poder Judiciário.

O investigado, de acordo com a Polícia Civil do Maranhão, residia no município de Pinheiro, na região da Baixada Maranhense, e fugiu após descobrir que era alvo da investigação que apura o homicídio do empresário. A prisão dele ocorreu após minuciosa investigação do Centro de Inteligência da Polícia Civil do Maranhão.

“Durante abordagem, foi verificado que o suspeito estava usando documentos falsos e descoberto, ainda, que ele possui um mandado de prisão em aberto expedido pela justiça do estado de Alagoas”, informou o delegado-geral da Polícia Civil do Maranhão, Jair Paiva.

Essa não é a primeira prisão relacionada ao homicídio de Nando Net, ocorrido no dia 25  de agosto de 2022. Em dezembro de 2022, um homem, também empresário, foi apontado pelas investigações como sendo o mandante do crime e foi preso pela Polícia Civil do Maranhão no município cearense de São Gonçalo do Amarante.

As investigações seguem a fim de localizar o terceiro envolvido no crime, que seria um dos executores do empresário Nando Net.

O crime

No dia 25 de agosto de 2022, o empresário Nando Net foi assassinado com vários disparos de arma de fogo. O crime ocorreu em um posto de combustível na cidade de Turiaçu, quando dois homens em uma motocicleta se aproximaram e efetuaram os disparos contra a vítima.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *