Incorrigível: Felipe dos Pneus é cobrado por mais alunos que querem estudar

De volta ao cargo de prefeito, Felipe dos Pneus diz que vai primeiro  priorizar pagamento de servidores - John Cutrim

A gestão do prefeito de Santa Inês, Felipe dos Pneus (PP), continua a ser alvo de críticas pela falta de compromisso com a educação no município. Desta vez, a situação na Escola Municipal Pedro Lima gerou indignação e revolta entre alunos e comunidade.

Recentemente, os estudantes da Escola Pedro Lima, numa tentativa criativa de chamar atenção para os problemas enfrentados, produziram um vídeo bem-humorado que revela as péssimas condições da instituição. No vídeo, os alunos expõem as mazelas da escola, como salas de aula deterioradas, falta de material didático e instalações caindo aos pedaços, ilustrando de forma clara o abandono e a negligência por parte da administração municipal.

Este ato de criatividade e denúncia reflete a desesperança dos jovens frente às promessas não cumpridas do prefeito Felipe dos Pneus. Através do humor, os estudantes destacam a seriedade da situação e o descaso com a infância e a educação, áreas essenciais para o desenvolvimento saudável e integral das crianças e adolescentes de Santa Inês.

A produção do vídeo pelos alunos também levanta questões sobre a responsabilidade da gestão municipal em assegurar um ambiente escolar seguro e adequado. As imagens capturadas pelos estudantes são um testemunho da falta de compromisso com a educação pública, evidenciando a necessidade urgente de reformas e investimentos.

A população exige ações imediatas e concretas para solucionar os problemas estruturais e garantir uma educação digna para os jovens de Santa Inês.

A negligência com a Escola Pedro Lima é mais um exemplo do desrespeito da atual gestão com os direitos das crianças e adolescentes, que, conforme garantido pela Constituição Federal e pelo Estatuto da Criança e do Adolescente (ECA), deveriam ter acesso a uma educação de qualidade em instalações apropriadas.

A administração municipal precisa ser responsabilizada por essa situação crítica e deve tomar medidas urgentes para melhorar as condições das escolas, começando pela Escola Pedro Lima. A mobilização da sociedade e a vigilância constante da imprensa são fundamentais para assegurar que as promessas sejam cumpridas e que o futuro das crianças e adolescentes de Santa Inês seja protegido e valorizado.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *