Bolsonaro volta a mostrar desespero sobre prisão e diz que vai “atirar para matar” caso seja detido

Jair Bolsonaro voltou a repetir que irá reagir com violência extrema caso seja detidoEx-presidente Jair Bolsonaro na porta da sua casa em Brasília

247 – Jair Bolsonaro voltou a repetir que irá reagir com violência extrema caso seja detido, repetindo o que já disse a um ministro do Supremo, no primeiro fim de semana de agosto, numa conversa no Palácio da Alvorada: “Eu atiro para matar, mas ninguém me leva preso. Prefiro morrer”, afirmou Bolsonaro na época”.

Agora, de acordo com o jornalista Guilherme Amado em sua coluna no Metrópoles, o gesto se repete com mais intensidade. “Agora, Bolsonaro voltou a falar em ‘atirar para matar’”, numa conversa recente com um deputado de seu partido”.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *