Professores da rede municipal fazem paralisação de advertência em São Luís

Os professores exigem reforma das escolas, reajuste salarial de 32,15%, direitos estatutários e alimentação para os estudantes.

Professores da rede pública municipal de São Luís fazem, na manhã desta quarta-feira (24), uma paralisação de advertência. Eles se concentram em frente à sede da Prefeitura de São Luís, no Palácio La Ravardière, no Centro.

Os professores exigem reforma das escolas, reajuste salarial de 32,15%, direitos estatutários e alimentação para os estudantes.

Segundo a presidente do Sindicato dos Profissionais do Magistério da Rede Pública Municipal de São Luís (Sindeducação), Sheila Bordalo, desde o início do ano, a categoria solicita que seja instaurada pela prefeitura uma mesa de negociação “para que a gente possa discutir a educação pública, possa discutir o retorno das aulas, com um plano de reformas que possa ser apresentado”, informou. De acordo com Bordalo, das 261 escolas do município, somente 25 estão funcionando com ensino presencial.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *