Orleans Brandão acompanha entrega de cestas básicas e pescado em Colinas

O secretário de Estado Extraordinário de Assuntos Municipalistas, Orleans Brandão, acompanhou nesta quarta-feira (5) a distribuição de 2 mil cestas básicas e 3 toneladas de pescado em Colinas, município distante cerca de 440 km da capital maranhense. A iniciativa do Governo do Maranhão integra os programas Comida na Mesa e Mais Pescado.

A ação tem o objetivo de dar assistência para as famílias mais necessitadas, garantindo ainda o acesso da população ao prato principal da Semana Santa. Além disso, contribui para a sustentabilidade da piscicultura, estimulando a sua produção no estado.

“A gestão do governador Carlos Brandão tem um olhar especial para as pessoas que mais precisam. Esse tipo de ação reforça ainda mais o caráter municipalista dessa administração, estando presente em cada cidade e atendendo as necessidades de todas as regiões. Seguiremos trabalhando muito para que os maranhenses tenham cada vez mais oportunidades de uma vida mais digna”, afirmou o secretário Orleans Brandão.

A distribuição das cestas básicas e do pescado, que ocorreu na Beira-Rio e no povoado Viola, foi acompanhada também pela prefeita de Colinas, Valmira Miranda, vereadores e lideranças da região. “Esta é uma época que exige de nós, agentes públicos, solidariedade com os que mais precisam. E eu, em nome do povo colinense, só tenho a agradecer ao governador Carlos Brandão por esse gesto, por esse olhar de solidariedade não só com o nosso povo de Colinas, mas com todo o Maranhão”, destacou a prefeita da cidade.

Uma das beneficiadas foi a Ana Flávia da Silva, moradora do povoado Viola. “Agradeço demais essa cesta básica que estou recebendo aqui, pois eu e a minha família estávamos precisando. Muito obrigada a todos vocês e ao governador Carlos Brandão por sempre olhar por nós”, disse.

Aniversário – O município de Colinas completará 132 anos na segunda-feira (10) e para comemorar a data o Governo do Maranhão fará importantes entregas nas áreas de infraestrutura, educação, assistência social, agricultura, entre outras.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *